Busca

Alargamento da Praia Central de Balneário Camboriú

A cidade de Balneário Camboriú encanta tanto com sua beleza natural que todos os anos, atrai mais de 1 milhão de turistas que vêm na intenção de aproveitar tudo o que ela tem para oferecer. As praias são, obviamente, os principais motivos para atrair tantas pessoas. A tão conhecida Praia Central, que fica localizada na Av. Atlântica, no principal centro da cidade, tem o movimento mais intenso durante as temporadas e fica lotada. Por ter o mar calmo e estar localizada no centro da cidade, a  disputa por um espaço na areia fica mais acirrada a cada ano que passa.

Além da superlotação da areia da praia durante o verão, a Praia Central já sofreu com grandes ressacas do mar no passado, onde o mar avança até a calçada e toma lugar dos carros e pedestres. Pensando em uma melhor experiênciaaos visitantes da cidade e no bem-estar dos moradores, a Prefeitura decidiu alargar a faixa de areia.

Quando fica pronto?

O alargamento da Praia Central de Balneário Camboriú deve começar em maio deste ano de 2019. O custo do projetoestá estimado em R$ 80 milhões, apenas no aterro. 

Para início da obra, é necessário uma Licença Ambiental, documento este que será liberado após cumprimento de condições obrigatórias do Instituto do Meio Ambiente. Com isso, a obra pode sofrer atraso. O projeto pode levar em média até 4 meses para ser executado e se iniciado em maio, conforme previsto, a areia já estará pronta para receber os turistas na próxima temporada.

praia que hoje tem 25 metros de largura de areia, deve ganhar mais 70 metros, por toda a sua extensão. Mais 200 metros de areia serão despejados e ficarão submersos dentro do mar para dar o declínio correto.

Como será feito?

Entender como funciona o alargamento da areia da praia é fácil. A areia será escavada de dentro do mar, de uma jazida a cerca de 15 km distante da praia. Esta areia recolhida será depositada em uma embarcação chamada draga, que traz a areia a praia e despeja próximo ao fim da faixa de areia com o mar. É previsto o uso de 2 milhões de metros cúbicos de areia.

É importante que o tamanho do grão de areia seja semelhante ao que já está na praia, pois o grão mais grosso pode causar buracos e um mais fino pode ser removido pelo mar durante alguma ressaca.

Por fim, este projeto de alargamento da faixa de areia da orla de Balneário Camboriú, visará conforto para moradores e turistas.

Outras Notícias

Ações do setor imobiliário voltam a subir na Bolsa

São Paulo - O índice IMOB, que incorpora as empresas do setor imobiliário naBovespa, registra ganhos de 33,58% de janeiro a julho deste ano.
+ Ver Mais

Clube dentro de casa!

Itens de lazer têm sido cada vez mais decisivos na hora da compra do imóvel.
+ Ver Mais

Livro reúne fotos antigas de Balneário Camboriú coloridas com ajuda da tecnologia

As imagens foram resgatadas do acervo de Erico Zendron, João Gaspar Scharf e do Arquivo Histórico da cidade.
+ Ver Mais

Público jovem movimenta investimentos de construtoras

Compradores procuram apartamentos pequenos que facilitam a organização e a limpeza
+ Ver Mais

Iniciadas as obras do mais novo empreendimento Fórmula F10.

O Icon Residence está localizado em uma região privilegiada, perto de tudo.
+ Ver Mais

Agora é a hora de investir no Brasil

Aos 73 anos, o investidor americano Sam Zell, maior especialista mundial em comprar e vender imóveis, conta porque o Brasil encontra-se num bom momento imobiliário.
+ Ver Mais

Entrega Château Montmartre

Mais um empreendimento Fórmula F10 entregue na Barra Norte - Château Montmartre
+ Ver Mais

Como será viver com luxo em apartamento de 50m², em 2025?

Cada dia mais, apartamentos em construção ganham plantas menores e essa tendência também se aproxima do mercado de luxo.
+ Ver Mais

Iniciam-se as obras de construção do molhe no canal do Marambaia.

Após mais de dois anos de negociação, já se vê sinais do início das obras de revitalização do Canal do Marambaia.
+ Ver Mais

Governo anuncia medidas para facilitar compra de imóvel financiado

Pessoas poderão dar imóvel já quitado como garantia e ter juros menores.
+ Ver Mais